Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Bacia Sergipe-Alagoas

Publicado: Quinta, 22 de Março de 2018, 12h46 | Última atualização em Terça, 16 de Julho de 2019, 11h04 | Acessos: 2783

BACIA SERGIPE-ALAGOAS TEM DOIS BLOCOS PARA EXPLORAÇÃO DE PETRÓLEO E GÁS ARREMATADOS NA 15ª RODADA DA ANP

Na 15ª Rodada de Licitações da ANP, realizada nesta quinta-feira (29/03) no Rio de Janeiro, foram arrematados dois blocos na Bacia Sergipe-Alagoas.

O bônus de assinatura total arrecadado com a concessão desses blocos foi de R$ 7,26 milhões. O investimento mínimo previsto para a bacia é de cerca de R$48 milhões.

Veja abaixo os blocos arrematados: 

Bacia

Setor

Bloco

Estado

Empresa/consórcio vencedor

Bônus ofertado pela vencedora

Sergipe-Alagoas

SSEAL-AUP1

SEAL-M-430

AL/SE

ExxonMobil Brasil* (50%), Murphy (20%) e Queiroz Galvão (30%)

R$ 3.630.430,00

Sergipe-Alagoas

SSEAL-AUP2

SEAL-M-573

SE

ExxonMobil Brasil* (50%), Murphy (20%) e Queiroz Galvão (30%)

R$ 3.630.573,00

 * Operadora

Na 15ª Rodada de Licitações da ANP foram ofertados sete blocos marítimos na Bacia Sergipe-Alagoas.

A Bacia de Sergipe-Alagoas é tradicional produtora de petróleo em terra e em águas rasas. Nos últimos anos, importantes descobertas de óleo leve, gás natural e condensado foram reportadas em águas profundas e ultraprofundas da bacia. A porção marítima da Bacia de Sergipe-Alagoas possui potencial para descobertas de óleo leve e condensado semelhantes às descobertas realizadas nos últimos anos na bacia.

Em janeiro de 2018, a Bacia Sergipe-Alagoas produziu 24.985 barris de petróleo por dia e 3,584 milhões de metros cúbicos diários de gás natural.

Ao todo, na 15ª Rodada de Licitações, são ofertados 68 blocos em 12 setores de sete bacias sedimentares.

 

SEAL-AUP1

 

 

SEAL-AUP2

Fim do conteúdo da página
>